Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Revista / Edição janeiro de 2016 - n. 4 - v. 3 (atual) / Ressonâncias da Alegoria Benjaminiana no Pensamento de Boaventura: a realidade não pode ser reduzida ao que existe

Ressonâncias da Alegoria Benjaminiana no Pensamento de Boaventura: a realidade não pode ser reduzida ao que existe

O artigo de Dilson Miklos apresenta as ressonâncias do pensamento do filósofo alemão Walter Benjamin na obra do sociólogo português Boaventura de Souza Santos, tal aproximação ressalta uma filiação que lança luzes sobre os escombros soterrados e as vozes silenciadas pelo projeto moderno pautado na ideia de progresso. Libertar a História do seu universalismo e propor uma nova abordagem para o tempo e o espaço está no cerne da construção textual.

PDF document icon miklos.pdf — Documento PDF, 322 KB (330743 bytes)

Doe agora

Para fazer uma doação pelo Pagseguro:

 

Ou deposite na nossa conta:

Banco do Brasil ag 1577-6 cc 136488-x

CNPJ 32.009.946/0001-05