Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Eventos / Seminário e lançamento do livro "A Crise Orgânica do Capital: o Valor, a Ciência e a Educação"

Seminário e lançamento do livro "A Crise Orgânica do Capital: o Valor, a Ciência e a Educação"

É com satisfação que o CEPPES MG convida para o Seminário e lançamento do livro A Crise Orgânica do Capital: o valor, a ciência e a educação, a mais recente obra do professor Dr. Aluisio Pampolha Bevilaqua, a realizar-se no dia 21 de junho de 2018, no Auditório Professor Luiz Pompeu da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE-UFMG), com a presença do autor.

O Seminário convoca cientistas, pesquisadores, trabalhadores da educação e a comunidade em geral ao debate sobre a Crise Orgânica do Capital, uma reflexão determinante para compreender o momento histórico que o mundo atravessa atualmente, cujo cerne é a crise do paradigma de valor sobre o qual se estruturam todas as relações sociais do capitalismo e que se desdobra em crise nas ciências, como crise de paradigmas, e na educação, como crise da pedagogia.

Como reação a esta crise insuperável, a burguesia internacional é levada a tomar medidas exasperadas para sustentar a sobrevida de um sistema falido, entre elas o golpe de novo tipo contra o povo e a soberania brasileiros, além das guerras de rapina e de baixa intensidade em todo o mundo.

A abertura oficial será às 14:30 horas do dia 21/06. Haverá uma apresentação da obra feita pelo próprio autor, Dr. Aluisio Pampolha Bevilaqua do Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES) e membro do conselho da Rede de Economia Global-Global Economic Network (REGGEN), precedida por uma introdução por parte da Dra. Monica Bruckmann, Diretora de pesquisa da Cátedra e Rede da UNESCO REGGEN e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O Dr. Gaudêncio Frigotto, do Grupo de Pesquisa Trabalho, História, Educação e Saúde da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (THESE-UERJ) e também membro do conselho da REGGEN, oferecerá uma palestra em diálogo com a obra. E anexo, o currículo de todos cientistas participantes.

Às 18:00 horas será realizada uma Homenagem a Theotônio dos Santos, coorientador e prefaciador da obra, presidente do CEPPES e da REGGEN (in memorian), um marxista mineiro de reconhecimento internacional cuja contribuição foi decisiva para a compreensão da realidade latino-americana e para o avanço das ciências econômicas em geral.

A atividade será coordenada pela Dra. Antonia Aranha do Núcleo de Estudos Trabalho e Educação da instituição anfitriã (NETE-UFMG), e pelo professor convidado Dr. José Luiz Quadros Magalhães, do Núcleo Jurídico de Políticas Públicas e professor da Pontífice Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e da UFMG; os pesquisadores Sidnei Martins do CEPPES-MG e do Movimento Nacional de Luta Contra o Neoliberalismo e pelo Socialismo (MNLCNPS) e Júlia Pereira, do CEPPES-MG e da Escola de Engenharia da UFMG.

Abaixo a programação completa do evento:

 PROGRAMAÇÃO

21/06/2018 – quinta-feira

14h30: ABERTURA OFICIAL - Mesa de Abertura

15h00: INTRODUÇÃO À OBRA - Monica Bruckmann (REGGEN/UFRJ)

15h30: EXPOSIÇÃO DA OBRA - Aluisio Pampolha Bevilaqua (CEPPES)

16h30: DIALOGANDO COM A OBRA - Gaudêncio Frigotto (THESE-PPFH/UFRJ)

18h00: HOMENAGEM A THEOTONIO DOS SANTOS

 

Gostaríamos de convidá-los a compartilhar conosco essa importante reflexão teórica e prática.

Os cientistas estão dispostos a conceder entrevistas e participar de programas de rádio ou televisão. Devido às restrições de tempo, podemos também agendar entrevistas telefônicas ou via e-mail.

Qualquer dúvida ou mesmo para confirmar sua participação, entre em contato com o CEPPES Minas Gerais por e-mail ceppesmg@gmail.com ou pelos telefones: (31) 99766 4731 ou (31) 97260 5084.

Atenciosamente,

Comissão de Organização

 

LOCAL: Auditório Luiz Pompeu da Faculdade de Educação

Universidade Federal de Minas Gerais – Campus Pampulha

 

REALIZAÇÃO:

Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES)

Núcleo de Estudos Trabalho e Educação (NETE-FaE/UFMG)

Grupo CNPq Educação, Trabalho, Economia Global e Sustentabilidade (ETEGS/CEPPES)

Rede de Economia Global-Global Economic Network (REGGEN)

Grupo CNPq Trabalho, História, Educação e Saúde (THESE-PPFH/UERJ)

Núcleo Jurídico de Políticas Públicas (NUJUP-PUC MG)

Núcleo de Estudos Sobre o Trabalho Humano (NESTH-FAFICH/UFMG)

 

Cientistas que participarão do evento:

ALUISIO PAMPOLHA BEVILAQUA - Graduado com Licenciatura Plena (1992) e Bacharelado (1995) em Ciências Sociais, pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Conselho Editorial da Revista eletrônica REGGEN - UFC (Nordeste). Professor e Pesquisador do Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES). Membro do Conselho Editorial da Revista Ciência & Luta de Classes. Editor-Chefe e Membro do Conselho Editorial do Jornal INVERTA. Membro do Conselho da Rede e Cátedra em Economia Global e Desenvolvimento Sustentável (REGGEN) da UNESCO/UNU (Universidade das Nações Unidas). Líder do Grupo de Trabalho e Pesquisa em Educação, Trabalho, Economia Global e Desenvolvimento Sustentável (ETEGS) do CEPPES/CNPq. Autor de várias publicações nacionais e internacionais, entre elas, Crise na Ásia: o Tufão e a Muralha de Papel (1998); A Crise do Capital em Marx e suas Implicações nos Paradigmas da Educação: uma contribuição ao repensar pedagógico no Século XXI (2011); e A Crise Orgânica do Capital: o valor, a ciência e a educação (2017). Coautor da obra Indivíduo e Educação na Crise do Capitalismo (2012). Organizador e coautor do livro O Paradigma da Economia Global e Desenvolvimento Sustentável para a Formação Docente e Discente em Educação (2016). Professor e palestrante com larga experiência nas áreas de Educação, Teoria do Estado, Economia Política, Sociologia do Trabalho e Teoria Marxista. Estudioso da obra magna de Marx, O Capital, desenvolveu curso com metodologia de ensino-aprendizado coletivo desta obra, com mais de 30 anos de aplicação.

MONICA BRUCKMANN - Doutora em Ciência Política pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Bacharel em Ciências Sociais. É Professora do Departamento de Ciência Política e do Programa de Pós-Graduação de História Comparada - PPGHC da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Diretora de Pesquisa da Cátedra e Rede da UNESCO sobre Economia Global e Desenvolvimento Sustentável - REGGEN, Coordenadora do Grupo de Trabalho Geopolítica, integração regional e sistema mundial do Conselho Latinoamericano e Caribenho de Ciências Sociais - CLACSO, Coordenadora do Núcleo de Pesquisa da UFRJ sobre Geopolítica, Integração Regional e Sistema Mundial, Presidente da Agência Latinoamericana de Informação - ALAI, membro permanente do claustro de orientadores de doutorado de Ciências da Administração da Universidade Nacional Autônoma do México - UNAM e pesquisadora da Rede de Estudos de Economia Mundial - REDEM, com sede na Universidade de Puebla-México. Foi assessora da Secretaria Geral da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) e Diretora do Instituto de Pesquisa Social Perúmundo (Lima). Seu livro Dialética e imprensa revolucionária em José Carlos Mariátegui foi traduzido ao mandarim e publicado recentemente pela editora da Academia Chinesa de Ciências Sociais. Seu último livro Recursos naturales y la geopolítica de la integración sudamericana foi publicado em espanhol no Peru, Equador, Venezuela, Argentina e Bolívia e atualmente se prepara a edição em português e inglês. Colaborou com jornais e revistas entre os quais se destaca o jornal francês Le Monde Diplomatique. Seus trabalhos foram traduzidos ao espanhol, inglês, português, francês, alemão, italiano, árabe, coreano, búlgaro, russo, holandês, esperanto, japonês, norueguês, polonês, servo-croata, crioulo, e chinês.

GAUDENCIO FRIGOTTO - Graduado e Bacharel em Filosofia pela hoje UNIJUI-RS (1971), graduação em Pedagogia pela UNIJUI (1973), mestrado em Administração de Sistemas Educacionais pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e professor Titular em Economia Política da Educação, aposentado na Universidade Federal Fluminense. Pesquisador AI – Sênior do Conselho Nacional de Pesquisa Certifica e Tecnológica (CNPq). Foi membro dos Comitês científicos da área de educação no CNPq, CAPES e FAPERJ, onde continua como consultor ad hoc até o presente. Coordenador do Grupo CNPQ - Trabalho, História, Educação e Saúde (THESE). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação e trabalho, educação básica e educação técnica e profissional na perspectiva da politecnia, educação e a especificidade das relações de classe do capitalismo no Brasil. Ao longo de mais de 30 anos, atuou e atua na graduação e especialmente na pós graduação. Orientou mais de 100 teses e dissertações e participou em mais de 250 bancas de teses, dissertações e de concursos públicos. Publicou sessenta e um artigos completos em periódicos nacionais e internacionais, é autor ou coautor de mais de 20 livros e publicou 70 capítulos de livros. Sócio fundador da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Educação (ANPED). Foi membro representante do Brasil no Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO), com sede em Buenos Aires e fundador e coordenador do GT Trabalho e Exclusão Social do mesmo Conselho. Atualmente é membro do Comitê Acadêmico do Instituto de Pensamiento y Cultura de America Latina (IPECAL) com sede na cidade do México. Membro do Comitê Científico de duas revistas internacionais e oito nacionais. Foi eleito como personalidade educacional no Estado do Rio de Janeiro no ano de 2011, uma iniciativa da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Jornal Folha Dirigida e Associação Brasileira de Educação (ABE). Agraciado com o Prêmio CORA CORALINA pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação na 36ª Reunião Anual conferido em 01.10.2013 pela contribuição dada à inclusão educacional. Agraciado com o prêmio Luta pela Terra - 30 anos do MST pelo Movimento dos Trabalhadores Sem terra em 25.01.2015.

ANTONIA VITÓRIA ARANHA - Possui Graduação em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1979), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993) e Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Terminou em julho de 2016 seu Pós-Doutorado no Programa PPFH da UERJ. Foi Vice-Diretora da FAE (2002-2006) e Diretora dessa Instituição (2006-2010). Foi pró-reitora de graduação da Universidade Federal de Minas Gerais. Membro do cepe da Universidade Federal de Minas Gerais, é professora titular (concursada) da Universidade Federal de Minas Gerais, foi presidente do conselho acadêmico da COPEVE da Universidade Federal de Minas Gerais, membro do conselho de diretores da Universidade Federal de Minas Gerais e presidente da câmara de graduação da Universidade Federal de Minas Gerais (2010-2014). Foi a primeira coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Trabalho e Educação (1995) e atualmente integra a linha de pesquisa Política, Trabalho e Formação Humana. É atual coordenadora do Curso de Especialização para servidores técnico-administrativos da UFMG (GIFES). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Trabalho e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação profissional, trabalho e educação, mercado de trabalho, subjetividade do trabalhador e gestão educacional.

JOSÉ LUIZ QUADROS MAGALHÃES - Possui Graduação em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986), Graduação em Língua e Literatura Francesa pela Universidade Nancy II (1983), Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1991) e Doutorado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1996). Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais e Professor dos Cursos de Graduação e Pós Graduação da Universidade Santa Úrsula (Rio de Janeiro). É Presidente Nacional (Brasil) da Rede pelo Constitucionalismo Democrático latino-americano e Presidente da Red Internacional para un constitucionalismo democrático em latinoamerica, com sede em Quito, Equador. Foi Professor visitante no mestrado em filosofia da Universidad Libre de Bogotá; do doutorado da Faculdade de Direito da Universidad de Buenos Aires; na Facultad de Derecho de la Universidad de la Habana (Cuba) e pesquisador na Universidad Nacional Autónoma de México. Foi Procurador Geral da Universidade Federal de Minas Gerais e coordenador dos Cursos de Pós-Graduação em Direito da Faculdade de Direito da UFMG. Tem diversos livros e artigos científicos e jornalísticos publicados. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, Internacional, Teoria do Estado e da Constituição, atuando principalmente nos seguintes temas: plurinacionalidade, diversidade, democracia, federalismo, direitos humanos, poder, ideologia e constituição.

Doe agora

Para fazer uma doação pelo Pagseguro:

 

Ou deposite na nossa conta:

Banco do Brasil ag 1577-6 cc 136488-x

CNPJ 32.009.946/0001-05

PCAC

Visite o canal do YouTube

do Painel Científico de Acompanhamento da Crise